Estética

Home » Especialidades » Osteopatia

Osteopatia

É um conceito terapêutico que possui uma metodologia própria, de avaliação e tratamento, que se baseia no diagnóstico diferencial, buscando harmonia entre as funções das estruturas e sistemas corporais.

O método terapêutico, realizado por intervenção manual, busca localizar e tratar as restrições de mobilidade das articulações, músculos, ligamentos, tendões, fáscias e vísceras. Pois estas restrições podem gerar compensações, sobrecarregando outras estruturas provocando desequilíbrios na harmonia do corpo.

Na Osteopatia, o paciente é avaliado como um todo. A avaliação é composta por um interrogatório (contendo os dados pessoais, história da patologia, cronologia, qualidade da dor, fatores que influenciariam a dor, etc.), exame físico (testes de mobilidade em busca de restrições), e exames de imagem (Raio X, Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, etc.)

O tratamento é realizado após uma avaliação criteriosa do quadro clinico do paciente. As técnicas eleitas são selecionadas especialmente para cada caso.

A região álgica nem sempre é a região da causa do problema. Muitas vezes a localização da região da disfunção é distante a região álgica. Por exemplo: uma dor no ombro pode ter como causa, disfunções na cervical, crânio, costelas, cotovelo, punho, diafragma, fáscias, cicatrizes, vísceras, etc. Então, a região a ser tratada são as regiões comprometidas e não necessariamente o ombro propriamente dito.

A Osteopatia foi criada nos EUA pelo Dr. Andrew Taylor Still (1828 – 1917), que desenvolveu o principio dessa técnica natural.